Simple Education

5 dicas para melhorar o aprendizado

Melhorar o aprendizado
O cérebro é a máquina complexa. Ele é formado por neurônios, sistema vascular e células. Veja como melhorar o aprendizado.

Compartilhe esse post

Muitas pessoas possuem dificuldades em aprender coisas novas e não sabem como vencer essas dificuldades. A Psicologia Cognitiva e a Neurociência buscam entender o aprendizado de diferentes formas, oferecendo ferramentas para nos auxiliar nesse processo.

É com base nessas ciências que falaremos sobre como melhorar o aprendizado e torná-lo agradável e produtivo.

O cérebro e como ele funciona na aprendizagem

Como funciona o cérebro no processo de aprendizagem?

O cérebro é a máquina complexa. Ele é formado por neurônios, sistema vascular e células. Quanto maior a capacidade neural, ou seja, neuroplasticidade (capacidade do sistema nervoso de modificar sua estrutura e criar padrões de experiência), maiores as chances de ter novas ideias, de ser mais criativo, de tomar decisões mais assertivas e melhorar a aprendizagem e a memorização.

O cérebro possui cerca de 80 bilhões de neurônios. Eles realizam as sinapses (comunicação) que transmitem informações. Cada neurônio faz, em média, cerca de 10 mil conexões com outros neurônios, diariamente.

A mente funciona por associação, então, uma forma de aprender coisas novas, é correlacionar assuntos para aprender mais rápido. O aprendizado é constante, isso quer dizer que passamos a vida toda aprendendo. Você pode usar diversas habilidades, e a combinação dessas habilidades te ajudará a aprender mais rápido.

Aprendemos:

  • 10% Lendo;
  • 20% Ouvindo;
  • 30% Observando;
  • 50% Vendo e Ouvindo;
  • 70% Discutindo sobre o assunto com outras pessoas;
  • 80% Fazendo;
  • 95% Ensinando aos outros.

Ao combinar essas habilidades, você conseguirá ativar o máximo de potencial do seu cérebro.

O que interfere no processo de aprendizado?

Algumas coisas podem ajudar ou atrapalhar o seu processo de aprendizagem, são:

  • Emoção: ela interfere no processo de retenção de informações, pois, atua diretamente na motivação do indivíduo para aprender. As emoções podem influenciar sua atenção, a memória, a priorização e monitoração.
  • Atenção: é fundamental no processo de aprendizagem, por essa razão, pessoas que possuam algum transtorno como déficit de atenção, hiperatividade e dislexia, têm maiores dificuldades em aprender algo.
  • Ambiente: um ambiente adequado, tranquilo e estimulante, influencia diretamente no comportamento e inspira a aprender. Da mesma forma, um ambiente desorganizado, com distrações e pouco estímulo, atrapalha no processo de aprendizagem de uma pessoa. É provado cientificamente que um ambiente de qualidade resulta em um melhor desenvolvimento dos estudantes. O ambiente deve incentivar ideias e o desejo de aprender, ser agradável, confortável, silencioso e com o mínimo de perturbação possível para que você consiga manter o foco. Uma dica é colocar uma música estimulante de fundo para ajudar na concentração.
  • Ansiedade: esta atrapalha, porque a pessoa não consegue se concentrar e nem assimilar informações.
Estudar em casa precisa ser agradável

Dicas para melhorar o aprendizado

Compartilharemos algumas dicas que você pode colocar em prática para melhorar o seu processo de aprendizagem! Confira:

  1. Não faça as coisas de qualquer jeito: como brasileiros, temos o costume de “dar um jeitinho” em tudo, porém, esse tipo de comportamento sabota o seu aprendizado. Se dedique de fato e faça tudo da forma correta para obter o melhor desempenho possível.
  2. Escolha o horário certo: o nosso corpo tem memória, por isso que costumamos dormir e acordar nas mesmas horas, sentimos fome sempre nos mesmos horários, e assim por diante. Sendo assim, não estude nos horários que você está acostumado a dormir porque você não conseguirá se concentrar e se dedicar aos estudos. Respeite seu horário de estudos, cumprindo rigorosamente para que esse horário se torne um hábito e seu cérebro saiba que aquele é o momento de aprender.
  3. Tenha tudo o que precisa ao alcance: se você utiliza cadernos, canetas, livros, eletrônicos e outras coisas, tenha esses materiais ao alcance, para não precisar levantar toda hora e buscar, porque essa ação isso atrapalha seu momento de estudos e pode te levar a se desconcentrar ou até mesmo a procrastinar.
  4. Faça um cronograma de estudos: organize seus estudos para não deixar acumular nenhuma matéria. Coloque no papel os horários para estudar cada conteúdo e as pausas para descansar um pouco. Você conhece a técnica Pomodoro? Essa é uma técnica que te ajuda a gerenciar o seu tempo e torná-lo seu aliado. Essa técnica é perfeita para quem gosta de procrastinar e adiar as responsabilidades. O método dura duas horas. Você estuda por 25 minutos e descansa 5 minutos, vai fazendo isso até completar duas horas. Ao completar duas horas, você descansa por 30 minutos. Se for preciso, retome os estudos depois dessa pausa.Assim, você conseguirá manter um ritmo, descansar e não adiará nenhuma tarefa.
  5. Por fim, se recompense: faça isso todas as vezes que finalizar uma atividade, ou concluir os estudos do dia. Se presenteie no final dos estudos, compre um doce, assista a série que gosta, faça algo do seu agrado para recompensar as horas dedicadas ao aprendizado. Relacione a atividade de estudo ao prazer!

Se colocar essas dicas em prática, eu te garanto que seu período de estudos será mais proveitoso. Na Simple Education valorizamos o aprendizado com um programa bilíngue, aproveite para aprender um novo idioma. Conheça nosso trabalho!

Acompanhe mais:

Procura uma solução bilíngue para a sua escola?

Nós somos referência em programas bilíngues e soluções de inglês para escola.

Simple Education Blog

POR FAVOR, PREENCHA AS INFORMAÇÕES ABAIXO

Baixe Agora!

oLÁ, PARCEIRO SIMPLE :d

Por favor, preencha as informações abaixo e aguarde até 48h para receber seu acesso.