Simple Education

Ensino de língua inglesa e BNCC: saiba tudo sobre o assunto

Ensino de língua inglesa e BNCC

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

O ensino de um segundo idioma nas escolas é cada vez mais relevante no cenário atual, especialmente para que a criança tenha maiores chances de se desenvolver no mercado de trabalho e em eventuais oportunidades fora do país, como de intercâmbio, high school ou outros.

A língua inglesa, a propósito, é hoje uma das mais faladas em todo o mundo, com grande relevância e influência em qualquer continente do globo. A razão é compreensível: para além dos países que já a utilizam como língua principal, quase o restante do mundo a mantém como idioma secundário, ou seja, aquele ensinado nas escolas e buscado também por fora.

Diante de sua relevância, o ensino do idioma foi previsto pela BNCC – Base Nacional Comum Curricular. Neste artigo, vamos conhecer mais sobre a norma e sua relação com o ensino da língua.

Curioso(a) para saber mais? Então vamos lá.

Compreendendo a BNCC na língua inglesa

A BNCC (Base Nacional Comum Curricular) consiste em um documento normativo que tem como principal objetivo orientar e adequar as instituições de ensino para um ensino mais padronizado em todo o país.

Dessa forma, ela contempla os principais aprendizados que são considerados fundamentais para que os alunos obtenham os conhecimentos necessários do idioma.

Vale aqui destacar que a norma não consiste em um currículo fixo ou estrutura pronta, mas apenas em diretrizes e alinhamentos que servem como guia para a instituição de ensino.

E na língua inglesa? Como ela funciona?

No que diz respeito ao aprendizado de inglês, a BNCC determinou que seu ensino deve ser obrigatório desde os anos finais do ensino fundamental. Isso significa que todas as escolas a nível nacional devem oferecer em sua base curricular uma matéria específica deste idioma.

A Base prevê que o ensino deve ser iniciado no 6º ano do ensino fundamental – no entanto, vale ressaltar que a escola pode iniciá-lo antes, de modo a já preparar os alunos para a vivência com o mesmo desde mais jovens. Inclusive, é recomendado que o inglês já seja adotado desde os primeiros anos do ensino fundamental.

Competências e habilidades padrões da BNCC

Ensino de língua inglesa e BNCC

A construção do aprendizado do aluno é guiada pela BNCC de duas formas: pelas habilidades e competências.

A seguir, vamos conferir quais são elas.

Habilidades

O documento normativo permite que o processo de aprendizado aconteça espontaneamente e de forma natural, desde que contemple 5 diferentes eixos. São eles.

1. ORALIDADE

Tem como foco central a escuta, fala e produção oral como um todo. Desse modo, seu objetivo é que haja compreensão e garantia de significado entre os falantes do idioma.

2. ESCRITA

O objetivo dessa habilidade é desenvolver nos alunos uma escrita responsável, criativa, autoral, autônoma e autêntica do idioma inglês. A escrita deve ser sempre relacionada a diferentes esferas do dia a dia do aluno, para que seja cada vez mais ampla e variada.

3. LEITURA

A leitura envolve também a compreensão dos variados gêneros textuais do inglês, assim como a interpretação dos textos, sejam eles verbais, multimodais, verbo-visuais ou outros.

4. DIMENSÃO INTERCULTURAL

Ter dimensão intercultural também está entre as habilidades impostas pela BNCC, que diz respeito à compreensão contínua da interação cultural entre o idioma inglês e o idioma materno. Essa dimensão visa favorecer o respeito, o convívio, a valorização da diversidade e a superação de conflitos entre os povos, criando um ambiente leve e saudável para o convívio.

5. CONHECIMENTOS LINGUÍSTICOS

Por fim, também estão entre as habilidades necessárias os conhecimentos linguísticos, que contemplam a prática de compreender, usar e refletir sobre o novo idioma, articulando as três esferas centrais de escrita, oralidade e leitura.

Competências

O ensino da língua inglesa nas instituições de ensino com base na BNCC deve garantir que os estudantes desenvolvam 6 competências. São elas:

1. Identificar as diferenças e similaridades entre o idioma padrão/materno e o inglês;

2. Comunicar-se no novo idioma por meio de variadas linguagens em mídias digitais ou impressas;

3. Identificar o seu lugar e o do outro no novo idioma em um universo multicultural e plurilíngue;

4. Conhecer patrimônios culturais, sejam eles materiais ou não, no idioma inglês;

5. Usar novas linguagens, tecnologias e modos de interação no novo idioma, compartilhando, pesquisando e posicionando-se com responsabilidade e de forma ética;

6. Elaborar diferentes repertórios discursivos e linguísticos no idioma inglês, reconhecendo e utilizando diversidade linguística.

Ensino de língua inglesa com BNCC é na Simple Education!

Agora você já conhece mais sobre a Base Nacional Comum Curricular e o ensino da língua inglesa. A Simple Education é uma empresa que implementa de forma estratégica e dinâmica programas de inglês com uma metodologia bilíngue em escolas particulares de todo o Brasil, levando sempre em consideração a Base Nacional Comum Curricular.

Para conhecer mais sobre ela, além de ler mais artigos como esse, não hesite em acessar o site .

Acompanhe mais:

gestor escolar inovador
Sem categoria

5 atitudes de um gestor escolar inovador

Você sabe quais são as atitudes fundamentais para que o gestor escolar consiga ser inovador? O profissional que desempenha esse papel deve entender que é

Procura uma solução bilíngue para a sua escola?

Nós somos referência em programas bilíngues e soluções de inglês para escola.

Simple Education Blog

Baixe Agora!