Simple Education

Atividades para colorir: a importância da cultura visual na educação

A infância é um período importante da vida, onde são formados muitos dos saberes e capacidades que acompanharão a criança até a idade adulta. Para que essas habilidades e conhecimentos sejam desenvolvidos, as crianças passam por diversas atividades que podem vir em forma de tarefas ou até brincadeiras.

As atividades que envolvem recursos visuais são essenciais nessa jornada, e, hoje, nós vamos falar sobre isso. Confira a importância da cultura visual na educação através das atividades de colorir.

Arte na escola

No geral, a cultura visual na educação é desenvolvida em atividades que envolvem a arte na escola. Por meio dela, os alunos podem expressar o que sentem no dia a dia. Sendo assim, podemos dizer que a arte, nesse caso as que se expressam de modo visual, pode auxiliar muito no desenvolvimento de sentidos estéticos, além de expressivos das crianças.

No entanto, é importante entender que cada atividade proposta deve atender a uma necessidade equivalente a cada faixa etária, principalmente até os 6 anos. O trabalho do professor deve ser pautado em propostas que ofereçam integração entre as crianças, considerando sua capacidade de imaginação, e prezando pela ludicidade e diversão.

Tudo isso serve para que a cultura visual na educação possa fluir de naturalmente. Podemos dizer, então, que o professor será um dos primeiros mediadores do encontro entre as crianças e a arte.

Cultura visual na educação

Cultura visual na educação infantil

A arte vem desde os tempos pré-históricos, quando os homens das cavernas pintavam suas caçadas nas paredes das grutas em que moravam. Ao longo do tempo, a arte foi ocupando outros lugares na sociedade e, por isso, a cultura visual na educação precisa ser bem trabalhada, já que pode levar o aluno a entender a sociedade na qual está inserido.

Afinal, a arte é uma característica da nossa sociabilidade, além de outras descobertas que podem ser inferidas no percurso. A arte visual, ou a cultura visual na educação infantil, pode trazer grandes oportunidades tanto para crianças quanto para professores de explorarem e descobrirem novas habilidades.

Outro ponto a se considerar é que a cultura visual na educação, principalmente o desenho e a pintura, já fazem parte do cotidiano infantil e estão em todo lugar. As crianças pintam e desenham, inclusive, utilizando materiais que encontram por aí para fazer desenhos, como na areia da praia, por exemplo.

Atividades de colorir

Como dissemos, a cultura visual pode ser vista em todos os lugares onde uma criança costuma ir. É por meio da alfabetização visual que as crianças podem fazer uma leitura crítica da sociedade, além de interpretá-la e se inserirem nela.

Mesmo antes de saber ler, os alunos já conseguem denominar e associar as imagens de seu cotidiano com as ilustrações. Aprender sobre cores e formas ajuda os alunos a terem maior propriedade da linguagem visual, além de desenvolverem habilidades expressivas e críticas das quais falamos no começo.

As atividades de colorir, especialmente, ajudam ainda no desenvolvimento da coordenação motora fina. Essa é a capacidade de coordenar pequenos músculos, principalmente os envolvidos em pés e mãos, para realizar atividades delicadas e que necessitem de maior precisão, como escrever, escovar os dentes, passar uma linha na agulha e, claro, pintar com maestria.

Cultura visual na educação

Atividades de pintura

Nas atividades de pintura, além das óbvias tintas, os alunos ainda podem trabalhar com diversos outros modos de colorir, utilizando até materiais naturais, como temperos, folhas, entre outros. Assim eles exploram, através das cores, as diferentes texturas e sensações.

Mas um ponto importante e que professores devem levar em conta é que a criança deve sempre ter a liberdade de criar e reinventar significados durante a atividade de pintura, ainda que não correspondam com a realidade. Se ela quer pintar um céu com folhas verdes, por que não deixar?

É importante que a criança tenha autonomia para decidir os materiais, sejam eles canetinhas, tintas, ou lápis de cor, além de escolherem as cores de forma livre. Só assim ela consegue se expressar e atingir os objetivos já citados anteriormente.

Como podemos ver, a cultura visual pode ser trabalhada através das atividades de colorir, assim os alunos observam e produzem, ou reproduzem, os sentidos do mundo à sua volta. Ao escolher as imagens que serão coloridas, o professor deve se perguntar quais as possibilidades de ensino ela pode oferecer. Se, por exemplo, a ideia for explorar um objeto, que tal contar sua história, a cultura envolvida.

A cultura visual na educação, inclusive, pode auxiliar no desenvolvimento da linguagem das crianças, fazendo com que elas aprendam uma segunda língua.

Quer saber mais sobre isso? Que tal conhecer a nossa metodologia? Somos pioneiros na transformação de colégios regulares em bilíngues no Brasil. Tire suas dúvidas e saiba de todas as possibilidades que temos a oferecer.

Entre em contato através do nosso telefone (11) 3257-0040 ou clique no ícone de WhatsApp que está aparecendo aqui no canto inferior direito da sua tela.

Compartilhe esse post

Acompanhe mais:

Top 10 Benefícios de Ser Bilíngue

Já parou pra pensar sobre as vantagens do ensino bilíngue? Hoje vamos mostrar os benefícios que vão te convencer a escolher essa modalidade, que modéstia

Procura uma solução bilíngue para a sua escola?

Nós somos referência em programas bilíngues e soluções de inglês para escola.

Simple Education Blog
plugins premium WordPress

Baixe Agora!

oLÁ, PARCEIRO SIMPLE :d

Por favor, preencha as informações abaixo e aguarde até 48h para receber seu acesso.