Simple Education

Como o acesso a diferentes culturas ajuda no aprendizado

como a cultura contribui para o aprendizado

Estamos sempre buscando maneiras de aprender de forma mais efetiva. Você sabia que o conhecimento de novas culturas pode ajudar nesse processo?

Hoje falaremos o que é cultura e como a diversidade de culturas é benéfica para o aprendizado.

O que é cultura?

O que dá identidade para cada sociedade. É um conjunto de elementos que inclui linguagem, normas, saberes, história, características, ou seja, tudo o que engloba a forma de se viver de um povo.

A cultura pode ser Material ou Imaterial.

Cultura Material

Dimensão mais concreta: obras de arte, arquitetura, tecnologias. Tudo o que ficar como legado material daquela sociedade se enquadra nessa definição.

Cultura Imaterial

Uma dimensão mais simbólica da cultura. São os elementos que representam as práticas, crenças e tradições daquela sociedade como danças, festas, gastronomia e crenças religiosas.

Por exemplo, no Brasil, falamos português, nossas cores são verde e amarelo, a maioria das pessoas gosta de samba, futebol, feijoada, vestimos roupas mais leves porque aqui faz muito calor, e por aí vai. São essas características que nos fazem conhecidos em outros povos, pois, elas definem a nossa “identidade” como brasileiros.

Da mesma forma, outros países possuem suas músicas típicas, costumes, dança, comida, esporte, vestimenta, e isso define a identidade desses povos. Todas essas características, nós chamamos de CULTURA.

Por ser a marca de cada povo, podemos dizer que a cultura é aquilo que promove a diversidade humana e nos faz superar nossos instintos mais primitivos criando um mundo rico em saberes e história.

Outra coisa que podemos questionar é: seria possível existir alguém sem cultura?

A resposta é não.

Se partimos do pressuposto de que a cultura é aquilo que define a identidade de uma sociedade, então, a partir do momento que nascemos, começamos a internalizar os princípios que regem essa sociedade em que estamos inseridos.

Esses princípios vão ser a nossa “lente” para enxergar o mundo, é através deles que percebemos tudo o que está ao nosso redor.

Uma cultura pode ser melhor que a outra?

Bom, para que pudéssemos classificar uma cultura e dizer que ela é melhor ou pior, precisaríamos de alguns padrões que estabelecessem o que seria bom ou ruim. Porém, de onde viriam esses padrões?

Esse tipo de classificação só seria possível se houvesse alguém neutro, sem influência de nenhuma cultura para os estabelecer, no entanto, isso não existe, todos nós temos percepções bem enraizadas e essas percepções são frutos da nossa própria cultura.

Julgamos a cultura alheia com base na nossa, porque é com ela que estamos familiarizados, e é isso que nos faz definir o que é bom ou ruim, porém, o que pode ser ruim para mim, não necessariamente é ruim para uma outra pessoa de outra cultura.

Se tentarmos classificar outras culturas, cairemos num grande erro: o ETNOCENTRISMO.

O Etnocentrismo, de acordo com o dicionário Oxford, é uma visão de mundo de quem considera o seu grupo étnico, nação ou nacionalidade, socialmente mais importante do que os demais.

Quando nos deparamos com outras culturas, tendemos a ser etnocêntricos, pois, tentamos imprimir e impor os nossos padrões e expectativas culturais sobre aquilo que é diferente de nós.

Esse tipo de comportamento resulta na falta de confiança, isso porque encaramos aquilo que é diferente como algo ruim e estranho, muitas vezes somos preconceituosos e fazemos pré-julgamentos infundados.

Isso nos impede de extrair e vivenciar o melhor da experiência de se ter contato com outras culturas.

A verdade é que, se estamos abertos a entender o outro, certamente enriqueceremos nosso aprendizado e teremos uma visão de mundo mais empática e ampliada.

Entender e saber lidar com as diferentes culturas, te faz levar em consideração o que cada sociedade tem de legal para ser valorizado.

O acesso a diferentes culturas, ajuda no aprendizado?

Com certeza sim. O acesso a diferentes culturas é totalmente enriquecedor. Além da pessoa aprender a celebrar as diferenças, ela adquire um olhar mais humano e isso lhe ajuda a compreender a própria identidade e a definir metas.

Explorar novas culturas é adquirir conhecimentos e experiências.

As vantagens de se conhecer outras culturas são:

Oportunidades acadêmicas e profissionais

O mercado é muito concorrido, e ter experienciado diferentes culturas lhe dará um diferencial para se destacar.

Fica mais fácil aprender e praticar novos idiomas

O contato diário com outro idioma dentro da cultura desse idioma, lhe proporciona um aprendizado mais rápido e eficiente.

Uma nova visão de mundo

A experiência em outras culturas, amplia nossa visão social. Isso impactará diretamente na maneira como avaliamos o outro, como lidamos com as diferenças, as respeitamos e como somos percebidos em sociedade.

Viu como é importante ter experiências com diferentes culturas? Aproveite todas as vantagens de se conhecer algo novo.

Nós da Simple Education proporcionamos as ferramentas adequadas para que você tenha essas vivências. Clique aqui e conheça nosso trabalho agora mesmo!

Compartilhe esse post

Acompanhe mais:

Top 10 Benefícios de Ser Bilíngue

Já parou pra pensar sobre as vantagens do ensino bilíngue? Hoje vamos mostrar os benefícios que vão te convencer a escolher essa modalidade, que modéstia

Procura uma solução bilíngue para a sua escola?

Nós somos referência em programas bilíngues e soluções de inglês para escola.

Simple Education Blog
plugins premium WordPress

Baixe Agora!

oLÁ, PARCEIRO SIMPLE :d

Por favor, preencha as informações abaixo e aguarde até 48h para receber seu acesso.