Simple Education

Ensino bilíngue: o que é e como analisar a qualidade?

ensino bilíngue - como avaliar a qualidade
A avaliação do ensino deve ser realizada através de indicadores que expressem dados quantitativos e qualitativos, de modo a nortear as decisões e possibilitar o desenvolvimento de estratégias.

Compartilhe esse post

Oferecer um ensino bilíngue de qualidade é uma das maiores preocupações da Gestão Escolar e, consequentemente, uma das principais exigências de todas as instituições de ensino, sobretudo para as Escolas Bilíngues.

Desse modo, torna-se essencial que os diretores e gestores realizem periodicamente uma avaliação sobre a qualidade do ensino bilíngue oferecido.

Mas, como isso pode ser feito?

A avaliação do ensino deve ser realizada via indicadores que expressem dados quantitativos e qualitativos, de modo a nortear as decisões e possibilitar o desenvolvimento de estratégias.

Quais os principais indicadores de qualidade do ensino?

Muitos pontos podem e devem ser considerados na avaliação da qualidade do ensino e, dentre os mais importantes, destacamos:

1. Corpo Docente

A qualidade do ensino bilíngue é medida, em grande parte, pelo nível dos profissionais que atuam na instituição.

Nas escolas bilíngues, todos os professores precisam ter o conhecimento em idioma classificado com o nível B2 (no mínimo), de acordo com o CEFR (Common European Framework for Languages).

Desse modo, todos os profissionais devem ser submetidos a um teste de proficiência antes de serem aprovados em qualquer processo seletivo para a escola.

Ademais, quanto maior o nível de formação dos professores (pós-graduação, mestrado, doutorado), melhor será a qualidade do ensino oferecido pela escola, o que se tornará um grande diferencial competitivo para a Instituição.

Portanto, é importante que os profissionais sejam constantemente estimulados a se especializarem, de modo a oferecerem o melhor ensino aos alunos, não apenas do idioma escolhido pela Escola Bilíngue, mas como da matéria ministrada por ele.

2. Metodologia de Ensino Bilíngue

Além do Corpo Docente, é de suma importância que a Escola Bilíngue avalie constantemente a sua metodologia de ensino e prática pedagógica e se ambas está sendo executadas de acordo com as regras da instituição.

O ensino bilíngue, por si só, já consiste numa metodologia bem específica e, se este foi o método escolhido para a educação dos alunos, deve ser entregue com qualidade.

Portanto, é indispensável que a escola garanta a educação bilingue em todos os níveis de ensino e para todos os alunos.

Outrossim, o material didático deve ser amiudadamente revisado, de modo a oferecer informações sempre atualizadas e precisas.

3. Índice de Aprendizado

Paralelamente à metodologia de ensino bilíngue, é importante que os gestores escolares acompanhem o índice de aprendizado dos alunos.

Este é um indicador quantitativo e que medirá a efetividade da metodologia e o quanto os alunos estão absorvendo os conhecimentos transmitidos.

O método de avaliação mais comum para a verificação do índice de aprendizado é o resultado das avaliações periódicas, medido pelas provas objetivas e dissertativas.

Todavia, pode-se utilizar também outros critérios de avaliação, como a participação em aula e os resultados de debates e seminários e as provas oficiais, como o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), o Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica e o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica);

Um método de avaliação que tem ganhado destaque é a autoavaliação, na qual o próprio aluno avalia o seu rendimento.

4. Ambiente Escolar

O ambiente escolar é um indicador qualitativo e que demonstra a qualidade do ambiente.

Este indicador mede se na Escola Bilíngue há a possibilidade do exercício da cidadania e o respeito à diversidade, se o trabalho é realizado a partir de valores sólidos e se os alunos e professores convivem num ambiente de respeito e amizade.

Outro ponto muito importante a ser avaliado no Ambiente Escolar é a capacidade de inclusão que a Escola Bilingue oferece aos alunos com deficiência.

Por ser qualitativo, é mais difícil de ser mensurado. No entanto, pode ser avaliado a partir da percepção dos profissionais, alunos e pais. Por isso, é tão importante um contato próximo da gestão escolar com estes grupos.

5. Estrutura da Escola

O espaço físico e a estrutura da escola contribuem significativamente para a qualidade do ensino bilíngue oferecido. Além disso, a estrutura escolar é um dos primeiros pontos observados quando a escola é visitada por alguém que tem interesse em matricular um aluno.

Desse modo, é essencial que estas características sejam sempre avaliadas e constantemente melhoradas.

Portanto, enquanto gestor educacional, certifique-se:

• As salas de aula comportam a quantidade de alunos matriculados em cada turma?

• Há recursos tecnológicos para facilitar a aprendizagem?

• A biblioteca da escola possui um acervo completo, atualizado e em outros idiomas?

• Há acessibilidade para alunos com deficiência?

• Os ambientes da escola são bem iluminados?

• A manutenção do espaço é bem realizada?

• Os ambientes estão sempre limpos?

6. Rotatividade de Alunos

O indicador de Rotatividade de Alunos é um dos mais importantes de serem avaliados e acompanhados, pois através dele é possível medir o impacto de todos os outros.

A rotatividade indica a quantidade de alunos que saíram da instituição e não renovaram as suas matrículas.

O número de desistências deve sempre ser sempre inferior ao de novos alunos matriculados. Quando há mais desistências que matrículas, algo pode estar errado com o ensino bilíngue oferecido.

Portanto, para usar estrategicamente este indicador, é importante que sejam compreendidos os motivos que levaram à desistência da matrícula e, a partir daí, definir os procedimentos necessários para resolver os pontos a serem melhorados.

Como melhorar os indicadores de ensino?

Avaliar a qualidade do ensino bilíngue é uma tarefa indispensável para os Gestores Escolares e dela pode depender o sucesso da Instituição.

Ao oferecer o ensino bilíngue, esta preocupação deve ser redobrada, afinal, não basta medir a qualidade do ensino, é preciso também acompanhar a qualidade do idioma ensinado.

Ademais, caso algum ponto das exigências legais não seja obedecido, a Escola Bilíngue pode ser descaracterizada como tal.

Desse modo, além do acompanhamento dos indicadores, é importante que sejam desenvolvidas estratégias que ajudem a manter ou a melhorar a qualidade do ensino bilíngue oferecido, como o treinamento constante dos professores.

Assim, é importante contar com o apoio de profissionais especializados neste assunto e que possam transmitir mais segurança e confiança aos gestores escolares.

Portanto, nós da Simple Education nos especializamos no ensino bilíngue e nos disponibilizamos a ajudar sua escola a oferecer um ensino de qualidade, com uma metodologia testada e aprovada. Entre em contato conosco e conheça-nos.

Acompanhe mais:

Educação

Como acolher novos alunos em uma escola bilíngue?

Uma escola bilíngue, oferece aos alunos a oportunidade de adquirir habilidades em dois idiomas desde cedo, promovendo um ambiente multicultural e preparando-os para um mundo

Procura uma solução bilíngue para a sua escola?

Nós somos referência em programas bilíngues e soluções de inglês para escola.

Simple Education Blog
plugins premium WordPress

Baixe Agora!

oLÁ, PARCEIRO SIMPLE :d

Por favor, preencha as informações abaixo e aguarde até 48h para receber seu acesso.